A 2ª Edição dos PLAY – Prémios da Música Portuguesa aconteceu no dia 29 Julho, no Coliseu dos Recreios, Lisboa. Com lotação reduzida, distanciamento social e cumprimento rigoroso das regras da DGS, a noite foi dedicada ao apoio às artes e à cultura e à sensibilização para a situação vulnerável e precária de todo o meio cultural em contexto de pandemia. Como sempre, mas especialmente num ano como 2020, foi importante premiar os artistas e homenagear técnicos, produtores e todos os que trabalham e apoiam o sector da música portuguesa.

Estes foram os 44 nomeados, em 13 categorias (das quais se destacaram as novíssimas categoria Melhor Artista Masculino, Melhor Artista Feminino, Melhor Álbum Jazz e Melhor Álbum de Música Clássica/Erudita). 

Melhor Artista Feminino: 

Aldina Duarte

Ana Bacalhau

Blaya 

Lena D’Água

Melhor Artista Masculino: 

Diogo Piçarra

Fernando Daniel

Salvador Sobral 

Slow J 

Melhor Álbum: 

“Aqui Está-se Sossegado” – Camané & Mário Laginha

“A Invenção do Dia Claro” – Capitão Fausto

“#FFFFFF” Profjam 

“You are forgiven” – Slow J

Melhor Grupo: 

Capitão Fausto

Expensive Soul

Mão Morta 

The Gift

Melhor Álbum Fado: 

“Aqui está-se sossegado” – Camané & Mário Laginha

“Roubado” – Aldina Duarte

“Um Fado ao Contrário” – Pedro Moutinho 

“Puro” – Matilde Cid

Melhor Videoclipe: 

“Catavento da Sé” – António Zambujo

“Hear from You” – Branko, Sango, Cosima, ProfJam

“Grande Festa” – Lena D’Água 

“Verão” – The Gift

Melhor Álbum Jazz: 

“Dentro da janela” de João Mortágua

“Histórias do Jazz em Portugal” de André Sousa Machado

 “Liturgy of Birds” de Daniel Bernardes & Drumming GP

“Ocre” de Filipe Raposo

Melhor Álbum Música Clássica/Erudita: 

“Archipelago” de Drumming GP / Luís Tinoco

“Manuel Cardoso: Requiem, Lamentations, Magnificat & Motets” de Cupertinos & Luís Toscano

“Chamber Music I” de Hugo Vasco Reis 

“Joly Braga Santos – Complete Chamber Music Vol I” por Quarteto Lopes Graça, Leonor Braga Santos, Irene Lima.

Prémio Lusofonia: 

“Menina Solta” – Giulia Be

“Sonhos” – Tainá

“Um Pôr do Sol na Praia – Silva & Ludmilla

“Terremoto” – Anitta & Kevinho

Artista Revelação: 

Bárbara Tinoco

Murta

Nenny 

Tiago Nacarato 

Vodafone Canção do Ano: 

“Amor, a nossa vida” – Capitão Fausto

“Bairro” – Wet Bed Gang

“Bússola” – Nenny

“Também sonhar” – Slow J 

Sem nomeações e com distinção eleita pelo Comité de Nomeação e Painel da Crítica, destacaram-se ainda os vencedores do Prémio Carreira e Prémio da Crítica. 

Prémio Carreira: 

Xutos & Pontapés 

Prémio da Crítica: 

Lena d’Água 

Uma noite marcada ainda pelas atuações de Lena d’Água, de Papillon com Murta, de Bárbara Bandeira com Kasha, Calema, Ana Bacalhau com Diogo Piçarra, Fernando Daniel com Tainá, Capitão Fausto, e Pedro Abrunhosa com Profjam e com a homenagem de Camané e Mário Laginha, a José Mário Branco.

Conheça todos os os vencedores na fotogaleria.