NOMEADO

António Chainho

António Chainho: a expressão para guitarra em Português.

Ao longo de 60 anos de carreira, António Chainho é o embaixador da guitarra portuguesa. A sua arte ultrapassa fronteiras geográficas e culturais iniciou a sua carreira no acompanhamento de artistas como Alfredo Marceneiro, Carlos do Carmo, Francisco José, Frei Hermano da Câmara, Hermínia Silva, Lucília do Carmo, entre muitos outros. Acompanha em exclusivo o fadista Carlos do Carmo, por todo o mundo.  Em 1983 colabora com Rão Kyao em “Fado Bailado”, uma nova dimensão para o fado. Em finais dos anos 80, inicia a carreira a solo. Colabora com artistas como Fafá de Belém, Ney Matogrosso, Gal Costa, Maria Bethania, Plácido Domingo. KD Lang, Paco de Lucía ou John Williams e grava com a Orquestra Filarmónica de Londres, nos famosos estúdios de Abbey Road.  Multipremiado, António Chainho, é um verdadeiro símbolo do fado e de um país aberto ao mundo, tendo sido considerado pela revista Songlines um dos “50 músicos mais influentes da world music” e agraciado pela Presidência da República Portuguesa com a Comenda da Ordem Infante D. Henrique. O Abraço da Guitarra é o seu mais recente disco, gravado aos 85 anos, com a paixão de sempre pela guitarra portuguesa.

NOMEAÇÕES

Melhor Álbum Fado